terça-feira, 16 de outubro de 2007

A outra margem do Rio


.

.
fonte: The NY Times, 15/10/2007
.
Do alto do morro, sentado na laje, o velho fuma e admira a paisagem. Ri para si ao pensar que sobrevivera a balas perdidas, drogas e à polícia.
Lá embaixo o mar reluz, os prédios cintilam e o formigueiro continua subindo o morro para saciar seus vícios.
É lindo, mas não é fácil envelhecer no Rio.
.

2 comentários:

tita coelho disse...

Sou tua fã! Adoro a maneira como retratas as verdades do nosso mundo!
beijo

lilaliss disse...

entao, uma imagem vale mais que mil letrinhas