segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Algema surreal



.

Crack faz jovem viciada arrastar cama pela rua

.

fonte: Zero Hora, 20/10/2007

.

Vagava pela rua carregando sua cama. O traficante a esperava sem dó e ofereceria o terreno baldio para ela deitar-se e fazê-lo gozar. Não ligava para o corpo esquálido e sem remorsos oferecia a pedra.

.

O peso da cama e o pesar da mãe: uma algema surreal de dor numa alma perdida.

.

2 comentários:

tita coelho disse...

Tchê...não tem o que comentar....é uma barbaridade isso tudo! Fico indignada!

beijo :)

Carla Borges disse...

Sílvio,
Não vi a notícia, confesso, mas seu texto, como sempre, me deixou impressionada.
Um grande abraço.