quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Morte à infância


.
.
fonte: CNN, 31/10/2007
.
Corria com seu irmãozinho no fundo do quintal, quando entregaram-lhe uma arma verdadeira.
- Divirta-se!
Mataram a infância em Mianmar.
.

6 comentários:

* hemisfério norte disse...

Doi-me todas as crianças que não tiveram espaço de tempo para brincarem, para usufruirem dos seus direitos e para serem crianças.
bjs e abraços de Portugal
:)
a.

Santa disse...

As crianças carregam o fardo mais pesado desses conflitos, associadas livremente a forças ou grupos armados como combatentes, escravos sexuais, ajudantes ou espiões, doentes, feridas ou mortas. Não vejo as Nações Unidas, Unesco, ou um só tribunal de guerra condenar uma nação pelo uso de crianças em combate.

Bjs

Santa disse...

querido, li teu e-mail muito tarde, hoje respondo com calma...

lucordeiro disse...

Essa foi de doer, Sílvio! Num dia lindo a gente se dar conta de que até crianças não têm o direito de sorrir, é angustiante. Um mundo lindo, um planeta azul, e uma humanidade desumana...terrível.Vc escolheu a dedo, caramba.
Depois passa lá nas esquinas pq fiz um conto pra implicar com o Guto Leite. Te espero com seu comentário, ta certo?
Beijos

tita coelho disse...

Muito triste! Não gosto nem de vê -las brincando com arma de brinquedo dependendo da idade...que dirá armas de verdade! Cruel!
beijo :)

Angela disse...

Incrivel sua concisão, principalmente nos textos de cunho social. Parabéns calorosos!