terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Quase anjo Gabriel


SP: mãe pula em poço para salvar filho

fonte: Terra, 23/01/2007

Não houve tempo para pensar. Libertou seus instintos e atirou-se ao desconhecido. O que via era o gesto de súplica, a face do medo, o grito derradeiro que o filho oferece no momento de desespero.
O nome Gabriel lhe garantia ser anjo. O que os céus não contavam era com garra de sua Maria protetora.

4 comentários:

Carla Borges disse...

Sílvio,
Que lindo, comovente mesmo.
Você é danadinho, capta o sentimento e o coloca magistralmente em palavras.
Só tenho a agradecer.
Beijos,
Carla Borges

Santa disse...

Voltei...Aos poucos e obrigada pelo carinho de sempre.

Santa disse...

Quanto ao post. A imagem é forte demais. O texto conta o exato momento do instinto de preservação do que, uma mãe, pode ter mais profundo.

Bjs

mixtu disse...

a necessidade de todos termos uma mãe, uma maria.. mesmo quando nos chamamos gabriel...

abraços