quinta-feira, 10 de maio de 2007

Infância infame


.
fonte: Zero Hora, 10/05/2007
.
Seu pai lhe batia enquanto sua mãe bebia. No abrigo público lhe prometeram proteção em troca de uns trabalhinhos: ajudar senhores a ter prazer.
Entre o bem e o mal, não sabia distingüir, mesmo assim sorriu ao ver sua protetora na cadeia.

2 comentários:

R.C disse...

Acho que vou compreendendo o estilo do blog...

abraxao

RF

Santa disse...

Não há regras nesse tipo de vida. Nem na violação.

Já contou quantos minis contos? Precisamos publicar isso. Olhe meu e-mail estava com broca, vou responder já, já

Bjs