quarta-feira, 26 de março de 2008

236 anos em 360 graus



.

Porto Alegre por todos os ângulos


fonte: Zero Hora, 26/03/2008

Ela, à beira do lago, observa o horizonte amplo, testemunha de seus passos. Caminha sobre as lembranças guerreiras, inovadoras, sempre alegre como a chegada num porto. Pára, olha em volta, sorri... Sente-se mãe acolhedora que abraça seus filhos nas sombras de seus jacarandás.


3 comentários:

* hemisfério norte disse...

creio q jacarandá não é a árvore q dá jaca....pelo q estive consultar na net.
Quando estive aí e vi jaca, n gostei mt do cheiro, depois deram-me a provar e gostei. Mas admirada fiquei quando vi que o fruto se desenvolvia como uma simples laranja no cimo de uma árvore. Puxa....aquilo deve ser uma arma poderosa, não????? quando cai..ai ai

by me disse...

um dia, quando eu tiver 236 anos e 360º vou roubar um momento. até lá ando à deriva

Rodolfo disse...

Saudade dos jacarandás desse burgo à beira lago.

Alegres estas docas que armazenam sonhos.