segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Gol e preconceito



.

Gays no futebol

.

fonte: Zero Hora, 16/12/2007

.

Vestiário cheio. A ducha no corpo suado formava uma névoa em torno de si. Disfarçavam e lhe jogavam olhares. Zagueiros a espera de um lance que pudesse incriminá-lo. Cotovelos prontos para derrubá-lo no drible da libido desgovernada.

Enquanto isso invejavam seu corpo e sua gana de jogar futebol.

.

Um comentário:

Hanah disse...

Olá Silvio,
que maravilha !!!
sempre os melhores lances....

Beijão