terça-feira, 5 de fevereiro de 2008


.
fonte: Zero Hora, 05/02/2008
.
Quando lhe perguntaram qual a sua lembrança mais remota, pensou um instante... Não era um balanço na infância, não era o colo da mãe, não era o quarto e ajanela. Era a estranha sensação de voar e de um abraço muito apertado.
.

Um comentário:

Rose disse...

Que vôo e que abraço!!!